Antibiotika richtig einsetzen - Antibiotikaresistenzen


BEM-VINDO

DO QUE SE TRATA?

O número de resistências a antibióticos tem vindo a aumentar em todo o mundo e faz crescer o risco de as infeções causadas por bactérias em humanos e animais se tornarem difíceis de ser tratadas ou de deixarem de ser tratáveis de todo. Também na Suíça, todos os anos são infetadas pessoas e animais por bactérias contra as quais os antibióticos já nada conseguem fazer.

As consequências são graves e afetam igualmente humanos, animais, agricultura e ambiente.

ANTIBIÓTICOS 

O ESSENCIAL EM RESUMO

Os antibióticos são medicamentos que matam bactérias ou inibem o seu crescimento. São usados em humanos e animais para combater infeções bacterianas. Doenças diferentes exigem antibióticos diferentes. Os antibióticos são ineficazes contra vírus (p. ex., constipação). 

Para obter mais informações, consulte o seu médico ou farmacêutico.

RESISTÊNCIAS 

QUANDO OS ANTIBIÓTICOS DEIXAM DE FAZER EFEITO

Resistência a antibióticos significa que as bactérias respondem menos, ou não respondem de todo, aos antibióticos. A utilização errada ou demasiado frequente de antibióticos pode causar esse tipo de resistência. Bactérias resistentes podem ser transmitidas para outras pessoas.

Para obter mais informações, consulte o seu médico/dentista ou farmacêutico.


Quando recebe antibióticos ...

Quando nao recebe antibióticos ...

Quando recebe antibióticos ...

AGIR CORRETAMENTE

TER EM CONTA

  • Cumpra exatamente a dose e a duração do tratamento prescritas pelo médico.
    A dose que lhe foi prescrita individualmente garante-lhe a eficácia ideal do seu antibiótico. Não interrompa o tratamento antes do tempo, mesmo que se sinta melhor após alguns dias.
  • Não omita nenhuma toma.
    Esquecer-se de uma toma pode prolongar a infeção e afetar negativamente a cura. Se ocorrerem efeitos secundários, entre em contacto com o seu médico ou farmacêutico.
  • Não partilhe os antibióticos que lhe foram prescritos com outras pessoas.
    O seu tratamento foi-lhe prescrito a si e responde às suas necessidades pessoais.
  • Devolva embalagens encetadas.
    ​​​​​​​
    Nunca deite antibióticos no lixo doméstico e evite que cheguem ao meio ambiente (p. ex., através das águas residuais). Não guarde os antibióticos para os tomar quando tiver outras doenças.

Quando nao recebe antibióticos ...

IMPORTANTE

O QUE DEVE SABER

  • Os antibióticos atuam apenas contra infeções bacterianas.
    Certas doenças bacterianas também se curam sem antibióticos. O seu médico só lhe prescreve um antibiótico se tal fizer sentido. Antibióticos não atuam contra vírus (p. ex., da gripe ou da constipação vulgar).
  • Muitas vezes, as próprias defesas do organismo são suficientes.​​​​​​​
    Regra geral, um corpo saudável combate muito bem as infeções. A febre, por exemplo, é muitas vezes sinal de uma resposta imunitária ativa.
  • A toma incorreta pode causar resistência aos medicamentos.​​​​​​​
    Contra bactérias resistentes, os antibióticos usados anteriormente deixam de ser eficazes. Assim sendo, o tratamento de doenças infecciosas é mais difícil ou, em alguns casos, mesmo impossível.
  • Os antibióticos também podem ser prejudiciais.​​​​​​​
    ​​​​​​​
    Em caso de utilização incorreta, os efeitos indesejados são superiores aos benefícios dos antibióticos, uma vez que as bactérias benéficas são atacadas ou tornam-se resistentes.